PLPinto.M.Português  

Como Aumentar o Pênis em 4 Meses

 

Tens um pênis pequeno e gostarias de aumenta-lo em poucos meses? Ou se calhar até não é assim tão pequeno, mas gostarias de aumenta-lo na mesma? A verdade é que podes aumentar o teu pênis (tenha ele o tamanho que tiver) em poucos meses utilizando três métodos simples e eficientes.

Neste artigo pode ver:

+ Existe o síndroma de pênis pequeno?

+ O tamanho do pênis é determinado pela genética?

+ Como as mulheres vêm o tamanho do pênis?

+ Como aumentar o pênis naturalmente

+ É possível aumentar o pênis com a alimentação?

+ É possível aumentar o pênis com cirurgia?

+ É possível aumentar o pênis com extensores penianos e bombas?

+ É possível aumentar o pênis com massagens?

+ É possível aumentar o pênis com exercícios?

+ É possível aumentar o pênis com pílulas?

+ Benefícios extras das pílulas para aumentar o pênis

+ Como Eu Consegui Aumentar Meu Pênis em 4 Meses

+ Recomendações

Vamos começar pelo princípio porque é importante que tenhas o máximo de informação antes de começares qualquer programa para aumentar o pênis de modo a que não tenhas expectativas irrealistas ou venhas a desistir antes de tempo porque pensas que contigo as coisas não funcionam.

Em primeiro lugar devemos definir o que é realmente um pênis pequeno. O tamanho do pênis no estado flácido não interessa, pois há homens que têm um pênis minúsculo no estado flácido que se transforma num membro gigantesco quando ereto, enquanto com outros acontece precisamente o contrário – o aumento conseguido é muito pequeno. O tamanho de flácido e ereto nem sempre condizem.

Mesmo em estudos feitos por universidades de renome os resultados variam muito; assim como variam entre continentes e raças. No entanto pode-se afirmar que maioria dos homens tem um pênis que quando ereto varia entre os 15 e os 18 centímetros e, portanto, só quando o seu tamanho fica abaixo dos 10 centímetros pode ser considerado pequeno.

No entanto mesmo assim o tamanho pode ser considerado muito relativo, pois aquilo que é pequeno para um homem pode ser perfeitamente aceitável para outro. Embora não te devas deixar impressionar pelo tamanho dos membros dos autores pornográficos, que são escolhidos precisamente por serem bem acima da média, a verdade é que se achas que o teu pênis é pequeno, ele é mesmo pequeno. Ponto final.

Para além disso também não existe nenhum impedimento para que um homem com um pênis de tamanho considerado normal não possa ou deva aumenta-lo. É uma coisa muito pessoal e o aumento de alguns centímetros pode ser motivo de grande alegria e aumento de confiança em qualquer homem. Independentemente do tamanho que ele já tenha.

Existe o síndroma de pênis pequeno?

síndroma de pênis pequenoSim, e ao contrário do que a maioria dos homens pensa o síndroma de pênis pequeno é uma desordem mental. É uma percepção incorreta do seu próprio corpo, ou de algum membro em especial. Alguns homens acham que o seu pênis é muito pequeno, ficam mesmo obcecados com isso, embora na verdade ele até possa ser considerado como tendo um tamanho dentro do normal.

No entanto, salvo um pequeno número de homens que pode ser severamente afetado por esta obsessão, que em último caso pode levar a um baixo nível de confiança, afetar fortemente o seu desempenho sexual e levar mesmo à depressão, este não é um problema que se possa considerar grave.

O tamanho do pênis é um tema muito relativo e se um homem não se sente confortável com aquilo que a natureza lhe ofereceu só tem que ter a força de vontade necessária para o alterar.

O tamanho do pênis determinado pela genética?

Sem dúvida que sim. Se tens um pênis pequeno ou grande deve-se essencialmente aos teus genes. Os filhos de homens bem desenvolvidos têm tendência para virem a ter um membro de proporções bem agradáveis.

Tirando raras exceções os genes têm um papel determinante no tamanho do pênis que um homem possa vir a ter na idade adulta. Mas também é verdade que ninguém é obrigado a contentar-se com aquilo que a natureza lhe oferece. AUMENTAR O PÊNIS É POSSÍVEL!

Tal como um homem magrinho ou de constituição fraca pode aumentar os seus músculos e a sua força também um homem pouco favorecido pode aumentar o seu pênis. Claro que para uns é mais fácil e rápido que para outros, mas a única coisa que não é possível aumentar naturalmente são os ossos.

Por isso, se queres mesmo saber como podes aumentar o teu pênis rapidamente continua a ler porque todo o artigo é importante, mas os últimos passos são os mais relevantes.

Como as mulheres vêm o tamanho do pênis?

Por muito que os homens possam achar estranho este é fundamentalmente um problema masculino. As mulheres dão muito menos importância ao tamanho do pênis do que os homens dão.

Como as mulheres vêm o tamanho do pênisProvavelmente elas estarão muito mais preocupadas com o tamanho do seu peito e com os métodos para aumentar os seios que possam existir, do que com o tamanho do pênis do seu homem, a menos que ele seja realmente pequeno.

Não que elas não gostem de ver um homem bem favorecido lá no sítio, e que essa simples visão não possa despertar o desejo nelas e torna-las húmidas (ou invejosas quando o homem é de outra), mas elas dão mais importância aos preliminares e à maneira como o homem usa aquilo que tem que propriamente ao tamanho. Exceto quando o seu homem tem realmente um pênis pequeno que as não consegue satisfazer.

Um pênis demasiado avantajado até pode não ser agradável para muitas mulheres, pois pode causar dor em algumas posições e também no sexo anal. O impacto de um pênis grande é muito mais visual que propriamente prático, principalmente quando se tem uma parceira sexual constante. Daí que os homens novos, que por norma mudam mais frequentemente de parceira, deem mais importância a este assunto.



Cimo   /   Fundo

Como Aumentar o Pênis Naturalmente

VAMOS ENTÃO ANALISAR OS MÉTODOS SEGUROS QUE EXISTEM PARA AUMENTAR O PÊNIS!

É possível aumentar o pênis com a alimentação?

A resposta curta é não. Não existe nenhum alimento que consiga aumentar o pênis. No entanto o pênis está ligado com a saúde sexual e geral do homem e também com as suas hormonas e, portanto, uma alimentação saudável será sempre vantajosa desse ponto de vista.

Eu diria que a alimentação aqui tem um papel contrário. Embora não exista nenhum alimento que faça aumentar o pênis a falta de alguns alimentos e seus nutrientes pode condicionar o crescimento do pênis, principalmente na adolescência. E principalmente pode condicionar a circulação sanguínea, o que leva a que o pênis quando ereto seja mais pequeno do que aquilo que poderia ser.

Digo isto, uma boa alimentação, que o mantenha em forma e evite certas doenças, é essencial também para aumentar o pênis.

É possível aumentar o pênis com cirurgia?

aumentar o pênis com cirurgiaSim, é possível. Mas qualquer cirurgia está associada a vários riscos, começando logo pela face da anestesia e com possíveis infeções posteriores, que são muito frequentes num sítio destes.

Para além do mais obvio existe ainda o problema de poder causar deformações, causar problemas de ereção, inclusive a disfunção erétil e, principalmente, o resultado obtido é muito pouco significativo para compensar o custo de uma cirurgia e os potenciais problemas associados.

A cirurgia para aumentar o pênis apenas se justifica quando o pênis é anormalmente pequeno ou quando o seu fraco desenvolvimento tem por causa defeitos físicos que podem ser corrigidos cirurgicamente.

Não quer dizer que a cirurgia não possa ser útil para alguns problemas de má formação do pênis ou problemas de má circulação relacionada com problemas venais (incapacidade do sangue fluir com naturalidade ao pênis). Mas simplesmente para aumento peniano é completamente desaconselhado.

É possível aumentar o pênis com extensores penianos e bombas?

Estes dois artefatos são muito populares no aumento peniano e utilizados por milhares de homens. No entanto enquanto os extensores penianos apresentam uma elevada eficácia e são extremamente seguros, as bombas para aumentar o pênis apresentam uma eficácia muito reduzida e o potencial perigo de causar derrames e problemas de ereção quando são utilizadas de maneira agressiva.

Além disso as bombas de vácuo não foram construídas com esse objetivo e sim para combater a disfunção erétil quando ainda não havia remédios eficazes para esse efeito.

Em relação aos extensores penianos é uma opção que deves ter em conta. Admito que andar com uma coisa pendurada no nosso membro durante várias horas por dia não seja muito aliciante para a maioria dos homens, mas a verdade é que funciona bem, é seguro e, tendo em conta que apenas se compra uma vez e dura todo o tratamento, até nem é um método de aumentar o pênis que possa ser considerado caro.

É possível aumentar o pênis com massagens?

Sim, é possível e muito eficiente, mas apenas quando acompanhadas com pílulas próprias para aumentar o pênis. No entanto as massagens para serem eficientes têm que ter como objetivo obter uma ereção sem causar ejaculação.

Massagear o pênis quando ele está ereto, bem cheio, é um método eficiente de ativar os ingredientes das pílulas e de causar a dilatação das células dos campos cavernosos do pênis, levando a um aumento peniano muito rápido quando está no estado ereto e a um aumento permanente no longo prazo, que se nota mesmo no estado flácido.

Posso dizer que é um dos métodos que eu pessoalmente utilizo. Para além disso é muito fácil conseguir faze-lo várias vezes durante o dia, ao fim do dia quando se está a ver televisão, ou na cama antes de adormecer. Mas se não se utilizar pílulas o resultado é mínimo ou mesmo nulo.

É possível aumentar o pênis com exercícios?

Sim, claro. É o método mais popular de todos. Não porque seja um método muito eficiente, mas porque qualquer “chico esperto” pode criar um manual de exercícios para aumentar o pênis e vende-lo na net para ganhar algum dinheiro. Como o custo de produção é praticamente nulo pode ser vendido muito barato e mesmo assim dar bons lucros, ou mesmo encontrado gratuitamente.

Se pesquisares sobre “como aumentar o pênis” mais de 80% do que vais encontrar na internet é alguém a dizer que aumentou o pênis com exercícios “especiais” quase do dia para a noite e a tentar vender um desses manuais maravilha.

Mas os exercícios funcionam mesmo para aumentar o pênis? Sim, funcionam. Funcionam se tu tiveres a paciência para fazer esses exercícios todos os dias, de preferência duas vezes ao dia, durante cerca de 30 a 40 minutos cada, pelo menos durante cinco ou seis meses.

O que quer dizer que para mim não funciona! Eu não tenho o mínimo de paciência para o fazer.

aumentar o pênis com exercíciosO que não quer dizer que não possa funcionar para ti, pois eu não sou propriamente uma pessoa muito paciente. No entanto, não te querendo demover, posso dizer que mais de 90% dos homens desiste antes dos 60 dias, e sem nenhum resultado.

Os exercícios para aumentar o pênis podem funcionar, no meu ponto de vista, como um extra. Em conjunto com umas boas pílulas, algumas massagens e uns exercícios ocasionais (pois neste caso já não há a necessidade de ser todos os dias). Inseridos num conjunto destes três métodos podem ser eficientes. São-no com certeza.

Têm a vantagem de serem muito baratos, ou mesmo grátis, e se feitos de maneira correta serem seguros. Mas é preciso muita força de vontade e determinação para faze-los dia após dia durante meses.

Mas há homens que conseguem aumentar significativamente o pênis só com exercícios. Há muitos testemunhos verdadeiros, por isso funcionar funciona. Não é é para todos! Para mim não é de certeza.

É possível aumentar o pênis com pílulas?

Aumentar o pênis com pílulas é a maneira mais simples e eficiente que existe, embora seja também a mais cara (com exceção da cirurgia) pois as pílulas muito baratas não funcionam porque são de fraca qualidade ou são contrafeitas e as boas pílulas para aumentar o pênis são relativamente caras e têm que se tomar durante vários meses para se conseguir um aumento significativo e permanente.

Mas é o meu método preferido. Aquele que eu mais uso, embora não seja o único. As pílulas são o caminho mais fácil e rápido para aumentar o pênis, de preferência quando em conjunto com outros métodos. E o melhor de tudo é que as pílulas oferecem outros benefícios para além do simples aumento peniano, que mais nenhum outro método oferece.

Embora com o ceticismo de muitos homens (eu próprio incluído) as pílulas foram se desenvolvendo, melhorando as suas fórmulas e hoje em dia são uma das indústrias em grande expansão.

aumentar o pênis com pílulasDiversas companhias oportunistas chegaram e desapareceram, tentando tirar dividendos deste novo fenómeno que é a saúde sexual masculina. Muitas vezes inundaram a internet com suplementos de fraca qualidade e anúncios cheios de spam, contribuindo assim para a má reputação que ainda hoje se sente neste mercado.

Mas a verdade seja dita e algumas das companhias pioneiras sobreviveram intactas e na verdade os seus produtos têm melhorado ao longo dos anos e têm dado provas da sua efetividade por todo o mundo.

Estas companhias procuraram sempre inovar na busca de novas tecnologias e produtos de qualidade que pudessem garantir a sua reputação e continuam a investir uma parte dos seus rendimentos na inovação.

As pílulas de boa qualidade são constituídas por diversos extratos vegetais e aminoácidos com uma forte reputação na saúde sexual masculina, principalmente nos países do oriente, onde esses componentes são utilizados no tratamento de diversas doenças sexuais, como a disfunção erétil e a ejaculação precoce, para além do crescimento do pênis.

Combinado estes componentes ancestrais com a moderna ciência ocidental é possível conseguir suplementos que consigam efetivos resultados com o mínimo de efeitos secundários possíveis.

Estes suplementos sexuais 100% naturais, em contraste com os medicamentos sintéticos, apresentam melhores resultados e podem ser tomados por longos períodos de tempo sem o perigo de efeitos secundários. Diversos estudos, feitos pelas próprias companhias e algumas universidades, têm demonstrado o valor dos suplementos para a saúde sexual masculina e feminina.

O mais importante é que foi demonstrado que certos ingredientes, quando misturados nas proporções corretas, têm fortes efeitos sinergéticos. Por isso é que o seu consumo é muito mais seguro e eficiente que a toma dos ingredientes em separado e é por isso mesmo que certos suplementos com os mesmos ingredientes na sua composição apresentam resultados muito diferentes.


Cimo   /   Fundo

Benefícios extras das pílulas para aumentar o pênis

Para além do seu objetivo principal, que é aumentar o tamanho do pênis, como todos os outros métodos descritos acima, as pílulas oferecem alguns extras. Esses benefícios podem ser divididos em duas categorias, os físicos e os psicológicos:

Os benefícios físicos das pílulas para aumentar o pênis são muito óbvios e fáceis de observar. Basicamente elas aumentam o fluxo sanguíneo na zona genital, permitindo ereções mais fortes e duradouras, aumentam a libido (o desejo de fazer sexo) e a testosterona.

As três coisas são essenciais para o aumento do pênis; principalmente o aumento do fluxo sanguíneo que é o que permite dilatar as células do corpo cavernoso e aumentar efetivamente o pênis.

Mas os benefícios psicológicos das pílulas para aumentar o pênis são ainda mais relevantes. Estas pílulas permitem conseguir ereções com mais facilidade e mantê-las durante mais tempo, o que conduz a um aumento da confiança na cama. E esse aumento de confiança é tudo aquilo que muitas vezes um homem precisa.

É comum aos homens que acham que têm um pênis pequeno terem uma baixa autoestima, o que condiciona o seu comportamento sexual (principalmente com parceiras novas) e um ligeiro aumento do seu membro aliado a uma autoestima elevada é tudo o que precisam para se transformarem em excelentes amantes.

Um homem com uma boa autoestima é mais agressivo na cama, mais dominador, mais pronto a experimentar novas aventuras e novas posições – porque sabe que não vai “falhar” a meio e que não vai desiludir a sua parceira. E é precisamente isso que elas gostam nos homens.

Os homens alfa são assim considerados pelo seu aspeto e autoconfiança e não pelo tamanho do seu membro, embora quase todos eles sejam bem abonados nessa matéria. E os suplementos dão uma boa ajuda nesse sentido.

Na prática esses efeitos combinados não só ajudam os homens com problemas sexuais como quando tomados por homens saudáveis (que não têm qualquer problema sexual) produzem um forte impacto na sua sexualidade e autoestima, tornando-os ainda melhores amantes do que eles já eram.

Por isso eu afirmei que as pílulas são o melhor método para aumentar o pênis. Porque para além de aumentarem o pênis, como todos os outros métodos apresentados antes, oferecem estes extras, que na minha opinião são tão ou mais importantes como o próprio tamanho em si.

Agora, que tu já conheces os diversos métodos para aumentar o pênis e a maneira como cada um funciona está na altura de te dizer o “segredo” de como eu aumentei o meu pênis significativamente em apenas 4 meses.


Cimo   /   Fundo

Como Eu Consegui Aumentar Meu Pênis em 4 Meses

Aumentar Meu Pênis em 4 MesesSe tiveste a paciência para ler o artigo até aqui já deves ter algumas pistas sobre como eu consegui obter resultados tão rapidamente. Mas aviso que antes de chegar aqui fiz várias experiências, experimentei vários produtos e várias combinações possíveis até chegar a esta conclusão.

Bom… o melhor é que tu não precisas de experimentar nada. Tudo o que precisas é seguir o que vou descrever a seguir, porque já sabes o que funciona!

Basicamente eu utilizei as pílulas; duas pílulas todos os dias. Nos dias que tinha intenção de ter sexo tomava as duas pílulas juntas logo a seguir ao jantar para ter mais potência no momento certo, nos outros dias uma a seguir ao pequeno-almoço e outra a seguir ao jantar.

Existem duas ou três marcas de suplementos que podem ajudar neste sentido. Os suplementos que eu utilizei estão descritos no e-book que podes aceder ao fundo da página.

Mas digo-te que mesmo uma pílula de qualidade, quando tomada sozinha tem um efeito reduzido no crescimento do nosso pau. Aumenta as ereções e o desejo, mas os efeitos no crescimento são muito demorados. Foi uma das experiências que eu fiz.

Basicamente todos os métodos quando usados sozinhos são pouco eficientes, demorados ou mesmo aborrecidos.

Por isso mesmo eu acrescentei à toma das pílulas um extensor peniano, que usava durante o dia por cinco a seis horas (de preferência de manhã). É muito fácil de usar, principalmente porque eu uso quase sempre calças desportivas (daquelas da Timberland com bolsos nas pernas).

A verdade é que o extensor peniano nos primeiros quinze dias era muito incomodo… havia ali uma coisa que não era natural a puxar o meu coiso, e algumas vezes até parecia que estava fora do lugar. Não causava dor, mas era desconfortável! Até que aos poucos desapareceu. Chegou a altura que eu até esquecia que o estava a usar, até chegava a esquecer-me de o tirar.

Embora estes dois métodos em conjunto já sejam suficientes para aumentar o pênis significativamente eu acrescentei ainda mais um extra: o mais simples de todos.

Todos os dias, quando não estava a usar o extensor eu acariciava o pênis, massageava-o, até ele ficar bem duro e tentava mantê-lo assim o máximo de tempo possível. Muitas vezes quando estava a trabalhar à secretaria ou a ler artigos na internet. Mas o meu momento preferido era quando ao fim da noite estava a ver televisão e na cama, antes de adormecer, nos dias que não fazia sexo.

Eu vejo televisão deitado num sofá na sala (pois já passo a maioria do dia sentado a uma secretaria) e com um cobertor por cima e umas calças de fato de treino é fácil massageá-lo e “brincar” com ele sem que ninguém se aperceba. Mas claro que isto deriva muito de homem para homem e dos seus hábitos familiares, assim como do seu trabalho.

As massagens são muito importantes por dois motivos: primeiro porque ajudam a absorver os ingredientes das pílulas e a dilatar as células o tecido esponjoso do pênis, o que causa o seu crescimento. A segunda porque ajudam a restabelecer a circulação sanguínea que o extensor reduz devido à pressão constante que causa durante várias horas.

RESUMINDO:

O segredo é simples: pílulas + extensor peniano + massagens.

pílulas + extensor peniano + massagensNada que tu, que estas a ler este artigo, ou qualquer outro homem não possa fazer. Basta adaptar um pouco os nossos hábitos para conseguir juntar estas três coisas.

Na minha opinião estas três coisas são essenciais e deves seguir estes passos rigorosamente. Para quem tem pouco dinheiro já ouvi relatos de quem conseguiu substituir o extensor por exercícios e obteve resultados. Comigo não funcionou. Fazer exercícios todos os dias é uma grande seca e o extensor é muito mais eficiente.

Por fim devo dizer que o meu pênis não era assim tão pequeno. Estava dentro do que se poderia considerar normal, mas agora está maior e eu gosto muito mais dele assim! Também não te sei dizer o tamanho exato que ele tinha ou tem, porque medir o pênis é quase impossível.

No princípio eu media o pênis duas a três vezes por semana e de cada vez o tamanho era diferente… por isso eu deixei de andar a medir uma coisa que é quase impossível fazer sempre nas mesmas condições.

Sei que usando estes três métodos em conjunto o meu pênis cresceu significativamente. Vê-se quando se olha para ele e, principalmente, sente-se quando se pega nele, quando se sente que ele enche efetivamente a nossa mão! E isso é que é importante.

Eu usei estes três métodos por quatro meses. Basicamente eu nem precisava de aumentar o pênis, apenas o fiz por duas razões: vaidade (como a maioria dos homens) pois ter um bom pedaço aqui em baixo é sempre motivo de orgulho. E por questões científicas, afinal se o meu trabalho é escrever sobre estas coisas e ajudar outros homens a fazê-lo porque não experimentar na primeira pessoa os resultados?

Mas o meu conselho para quem ler este artigo é que o faça pelo menos durante seis meses. É o mínimo que é aconselhável pelos especialistas e pelas próprias marcas. Bem, na verdade eu deixei de usar o extensor peniano mas continuo com as pílulas e com as massagens, por isso não desisti propriamente.

Mas é assim mais tipo treino de manutenção do que com o objetivo de aumenta-lo ainda mais. Mas estas coisas são muito pessoais e cada homem é livre de fazer o que quer e durante o tempo que quiser, por isso a tua vontade é que vai decidir o tamanho que no fim vais ter. Os três métodos em conjunto funcionam! O resto é contigo.

Conclusão

E pronto meus amigos, esta é a história em primeira mão de como eu aumentei o meu pênis significativamente em apenas 4 meses, por opção, porque foi uma experiência que resolvi fazer.

Eu recomendo que só desistas quando estiveres satisfeito com o tamanho que já obtiveste. Podes faze-lo por 4 meses e ficar satisfeito, mas eu acho que deves manter o tratamento por pelo menos 6 meses, ou mesmo mais. É contigo!

Ou podes fazer como eu. Desistir do extensor peniano, que é o que dá mais trabalho, e continuar com as pílulas e as massagens! Acede ao e-book que te oferecemos e informa-te sobre os melhores produtos do mercado.


Voltar ao topo

Recomendações

 

Gostou da Leitura? Quer Saber Mais?

Não Perca Nosso Próximo Artigo!

Deixe Seu Email para Ser Notificado de Novos Artigos Sobre este Tema e Conhecer Quais os Produtos que Recomendamos para o Ajudar a Obter os seus Objetivos mais Rapidamente:

 
* Nome:
* Email:
* Soma de: 20+10 =
Seus Interesses:

 
Artigos Relacionados:
 
 
 
» Sobre nós » Contatos » Politica Privacidade
PLPinto.M.Suplementos - Todos os direitos reservados